Amazônia+10

Apresentação – edital Amazonia +10

Roteiro – chamada de proposta

Edital Amazônia+10 Expedições Científicas

Consulta – Mapeamento de interesse na chamada de apoio a Expedições Científicas da Iniciativa Amazônia+10

A INICIATIVA

A Iniciativa Amazônia+10 é um projeto do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), do Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência Tecnologia e Inovação (Consecti) e tem a parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Nosso objetivo é apoiar a pesquisa e a inovação tecnológica na Amazônia Legal, promovendo a interação natureza-sociedade e o desenvolvimento sustentável e inclusivo da região.

A iniciativa aspira promover ações convergentes de CT&I que fortaleçam diretrizes, eixos e proposituras do Planejamento Estratégico de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, visando superar obstáculos para o reflorestamento de áreas degradadas, o desenvolvimento de atividades agrícolas de baixa emissão de gases de efeito estufa, a agregação de valor nas cadeiras produtivas da bioeconomia, a geração de alimentos, a produção de fármacos, a geração de energia limpa etc., e a garantia de acesso a serviços básicos para as populações que habitam na região.

OBJETIVOS

1. Identificar um rol amplo de desafios de pesquisa concretos que tragam soluções para problemas reais da Amazônia Legal;

2. Financiar pesquisa orientada à missão que tem como objetivo agregar soluções científico-tecnológicas em torno de uma problemática real da sociedade. 

3. Fortalecer a infraestrutura de CT&I regional e intraregional, através do treinamento e atração de recursos humanos altamente qualificados para a região.

4. Financiar pesquisa colaborativa que demonstre o envolvimento de atores locais (sociedade civil, população, lideranças, técnicos governamentais e/ou setor privado) na identificação e priorização dos problemas e potenciais soluções. 

5. Mobilizar os pesquisadores locais e seus parceiros externos na busca de soluções científico-tecnológicas para os problemas da região;

6. Integrar o conhecimento científico e tradicional já produzido sobre a região;

7. Engajar a comunidade local na Iniciativa, construindo uma abordagem focada nos beneficiários finais da iniciativa;

8. Devolver conhecimento prático para as comunidades da região, atendendo aos princípios da Ciência Aberta;

9. Comunicar amplamente os resultados das pesquisas financiadas para pesquisadores brasileiros no Brasil e no exterior; para as instituições de apoio à pesquisa, públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras; para empresas privadas com atuação na Amazônia Legal; para Fundos internacionais de investimentos, governos locais, ONGs com atuação na Amazônia Legal, e para a mídia regional, nacional e internacional e a sociedade em geral.

Reprodução: Ascom / Confap

Pular para o conteúdo